AESO - Faculdades Integradas Barros Melo




TODXS e Coquetel Molotov realizam debate na AESO-Barros Melo


Institucional
novembro. 09, 2018

O tema da atividade é “Políticas públicas e leis LGBTI+”

As Faculdades Integradas Barros Melo (AESO) serão palco de roda de conversa sobre “Políticas públicas e leis LGBTI+", promovida pelo TODXS em parceria com o Coquetel Molotov. O encontro está marcado para 13 de novembro, a partir das 13h30, com as convidadas Ana Braga, Robeyoncé Lima, Eduarda Carvalho e Maria do Céu.
 
O objetivo do evento é esclarecer sobre a necessidade de abordar o tema diversidade em um contexto de direitos, programas e ações público-administrativas, garantindo a cidadania das pessoas LGBTI+ no Recife e no país. 
 
TODXS é a primeira startup social brasileira sem fins lucrativos que promove a inclusão LGBTI+.

Conheça xs palestrantes:

Ana Braga é gerente geral de presença digital da Prefeitura do Recife, onde, entre outras funções, planeja, cria e monitora a divulgação dos serviços e atendimentos oferecidos pela PCR à população LGBTQI+. Antes desse cargo, foi coordenadora de criação da agência Ampla e repórter do Diario de Pernambuco e Jornal do Commercio. 

Robeyoncé Lima fez história em 2016 ao se tornar a segunda advogada transexual do Brasil (primeira do Nordeste), cujo nome social foi reconhecido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Co-deputada, eleita pela candidatura coletiva da JUNTAS, mulher, negra, nordestina e ex-estudante de escolas públicas, sua trajetória tem sido marcada por muita luta pelos direitos LGBT+ e resistência. Formada em Geografia e Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi assessora jurídica na Câmara de Vereadores de Pernambuco. 

Eduarda Carvalho é Co-fundadora da TODXS e atual Diretora de Gente e Gestão da organização. Tem formação em Publicidade e Propaganda e Administração. Com experiência de sete anos no terceiro setor, fomenta lideranças brasileiras voltadas para diversidade através de soluções tecnológicas e consultoria em inclusão e diversidade para empresas.

Maria é militante social, LGBTI, dos direitos sexuais e afetivos desde 1992. Sempre atuou como produtora cultural e empreendedora da noite LGBTI+.  Está por trás do sucesso do Grupo Metrópole, um dos templos da diversidade e da luta pelos direitos LGBTI no Nordeste, há 16 anos.  Formada em marketing e psicologia, em 2009 fundou o Instituto Boa Vista, uma organização não governamental (ONG) que desenvolve projetos para 60+ cidadania LGBTI+ e meio ambiente. 

coquetel molotov - rodadeconversa -

voltar