AESO - Faculdades Integradas Barros Melo






Fotos: Renata Siqueira.

Estudantes apresentam agências experimentais para o Inter7


Publicidade e Propaganda
abril. 10, 2019

Eles têm o desafio de criar campanhas publicitárias para o Grisi Studio de Beleza

O desafio está lançado. Alunos do 7º período de Publicidade e Propaganda das Faculdades Integradas Barros Melo (AESO) participam do Inter7 e têm a missão de criar uma campanha publicitária para um cliente real: o Grisi Studio de Beleza, da empresária Erika Grisi, localizado em Boa Viagem. 
 
Na manhã desta quarta-feira (10), os estudantes apresentaram, para a faculdade, as agências que serão responsáveis por executar todas as etapas dos projetos. Os aprendizes terão que se ocupar com o Briefing Criativo, o Planejamento, Redação, Direção de Arte, Ação Digital, Mídia e Produção. O Inter7 tem como objetivo promover uma relação entre as disciplinas e mostrar a dinâmica do mercado, aproximando os acadêmicos da realidade profissional.
 
No desafio deste ano, as equipes terão que pensar em estratégias para atrair um público com mais de 60 anos para o cliente. “O conceito do Inter7 é foco no target, no público a ser atingido com a campanha. Durante reunião de planejamento com os professores Daniel da Hora e Mayra Waquim, decidimos que o desafio seria alcançar o target de idosos. O Grisi recebe muitas pessoas até 50 anos. A ideia é atrair nova clientela para o local”, afirma a professora Rossana Nanuska, uma das orientadoras do Inter7. 

A ideia de ter o salão como marca a ser trabalhada surgiu, também, porque a proprietária do espaço é publicitária e foi aluna da professora Nanuska. A empresária teve experiência na área e procura implantar o que aprendeu na primeira profissão no novo negócio. Então, ideia do Inter7 é ajudar no que falta.  A apresentação das campanhas para comissão julgadora acontece dia 31 de maio, na FIBAM, e conta com a presença de representantes do mercado. O resultado do concurso será divulgado no mesmo dia da realização.
 
Para Erika Grisi, proprietária do salão atendido, os estudantes estão indo muito bem. “Eles estão muito empenhados. Eu estou honrada em participar do desafio como cliente e animada com os trabalhos”, comenta. 
 
Um das agências concorrentes, a Hybrida, quer focar no digital. “O mercado está correndo para isso, então queremos acompanhar o movimento”, diz Geywson Albuquerque, integrante do time. Outro grupo, o Winx, conta que entendeu melhor a vontade do cliente durante o coquetel de apresentação e quer apostar nas estratégias mais certas para atingor o público-alvo. O pessoal da Cuscuz, que também disputa o Inter7, aposta na regionalidade para chegar junto da cliente. A agência experimental Shinobi já visitou o salão de beleza e está de olho nas ferramentas do Instagram, que é o principal canal da cliente hoje. Já a 5 Comunicação pretender unir forças entre os integrantes para dar conta de todas as fases da campanha com maestria. 

Publicidade e Propaganda - inter7 -

voltar