Alternativa para a quarentena: Uniaeso promove uma série de atividades acadêmicas e lúdicas com auxílio da tecnologia


Institucional
abril. 14, 2020

Práticas incluem aulas, palestras com convidados, live musical, etc

É a fim de tornar a experiência da quarentena leve e construtiva, que o Centro Universitário Barro Melo – UNIAESO realiza atividades remotas para estudantes de todos os cursos, diariamente. Além das aulas, que foram transferidas do ambiente presencial para o virtual, assegurando a transmissão do conteúdo e o cumprimento do calendário acadêmico, a instituição vem produzindo lives, bate-papo com convidados e posts interativos nas redes sociais.

Os encontros no Meet ocorrem nos horários previstos para as aulas físicas e têm trazido resultados satisfatórios para professores e alunos. “É uma forma de continuarmos com as atividades e aumentarmos um pouco a socialização, para tentarmos seguir nossas vidas, normalmente, nesse momento tão difícil”, afirma Lucas Magnum, cursando o 7º período de Publicidade e Propaganda. 

Para Liala Leão, aluna de Direito, o desempenho superou as expectativas. “Eu estou adorando as aulas online, de verdade. Estou até mais assídua. E tenho visto o empenho dos professores em passar o conteúdo da melhor forma. A faculdade está de parabéns por ter tomado uma atitude tão rápido”, diz. 

A professora Milena Travassos faz elogios à nova dinâmica e à dedicação dos estudantes. “Temos um clima descontraído e produtivo, com a contribuição de todos. Na disciplina de Estética e História da Arte, por exemplo, conversamos sobre o conceito de arte ao longo do tempo e sempre faço uma introdução do assunto, dou exemplos de importantes teóricos, lanço uma pergunta e o mais importante: vemos imagens. A turma é composta por muitos estudantes, mas faço questão que eles participem pelo chat e pelo microfone também”, garante. Na última semana, ela reuniu 109 espectadores de turmas de Jornalismo, Design, Cinema, Fotografia e Publicidade e Propaganda, acompanhando a explicação online, ao mesmo tempo. 

Nataly Queiroz, coordenadora do curso de Jornalismo, analisa que esse é um momento que interfere na dinâmica de vida das pessoas, desafiador em vários sentidos, mas que está sendo atravessado de forma positiva. “O que a gente tem feito é tentar oportunizar a plataforma digital que a Uniaeso já dispõe e utilizar uma didática similar à de sala de aula, sempre colocando, além das aulas expositivas ao vivo, um conjunto de vídeos, leitura complementar, que ajudam a fixar o conhecimento e aplicá-lo de forma prática. Os estudantes têm participado ativamente, feito as atividades e demonstrado por meio de trabalhos que estão conseguindo, sim, assimilar os conteúdos”, considera.

E não foram só as aulas expositivas que continuaram durante a quarentena adotada para combater o coronavírus.  O atendimento da coordenação, orientações para TCCs, atividades do Núcleo de Práticas Jurídicas também estão acontecendo pela plataforma virtual. A instituição disponibilizou os códigos de todas as salas do Google Meet, onde os alunos podem manter contato com os docentes para tirar dúvidas, fazer solicitações, etc.

Outras formas ainda estão sendo executadas a fim de atrair a atenção dos universitários para assuntos relevantes dos pontos de vista social e profissional. Por que não aproveitar o período de isolamento social para pensar no mercado de trabalho, nos desafios econômicos, de adaptação, e medidas para ajudar na crise? Coordenadora de Design Gráfico, Nara Castro foi precursora e realizou uma live em seu perfil, com apoio da Uniaeso, conversando com o professor Iran Pontes, fundador da Design Culture e Diretor criativo do IP/M Estúdio Criativo, sobre os desafios do freelancer em momentos de crise. Eles debateram sobre as alternativas que os profissionais podem adotar para driblar as dificuldades.

Quem também apresentou uma iniciativa nestes moldes foi a coordenadora de Administração, Noemia Resende, que realizou conversa aberta a todos os estudantes com participação de Thyago Imperial, Gerente de Planejamento, Comercial e Qualidade da Nutricash, para debater as estratégias competitivas em tempo de crise. O material pode ser conferido aqui. Ela ainda colocou outros profissionais de destaque na área em contato com os alunos via Google Meet, a exemplo de Regina Brury, Technical Support Engineer na Hamilton Robotics Company, diretamente da Suíça.

No curso de Cinema e Audiovisual, muita movimentação. A professora Gabriela Alcântara recebeu a produtora Amanda Guimarães, que colaborou com filmes como Bacurau e Aquarius, para falar da atuação na área no Meet. Já o coordenador da graduação, Luiz Joaquim, mediou debate online para ilustrar o lançamento do livro Antologia da crítica pernambucana - Discursos sobre cinema na imprensa (1924-1948), editado pela Cepe, com incentivo do Funcultura e apoio do Centro Universitário Barros Melo – UNIAESO e Associação Brasileira dos Críticos de Cinema – Abraccine. A obra é organizada pelo jornalista e crítico, André Dib, e pela realizadora, Gabi Saegesser, e traz um panorama dos principais autores e ideias, permitindo um mergulho no imaginário e nas formas de pensar cinema em Pernambuco, no início de 1900. O bate-papo pode ser conferido aqui.

Mas, nem só de matérias, debates e grupos de estudos se vive no isolamento social. A Uniaeso também quer aproveitar o momento para reforçar ações que colaboram para o bem-estar da comunidade acadêmica, como apresentações musicais, performances artísticas, oficinas lúdicas, etc. Foi o caso do Música Entre Nós Live, que proporcionou show da aluna do 3º período de Jornalismo, Bela Maria, sucesso nas apresentações presenciais do projeto na faculdade. O Música Entre Nós ocorre, regularmente, nos intervalos das sextas-feiras, possibilitando aos estudantes uma quebra na rotina e conhecer novos gêneros musicais. “Eu recebi vários comentários do pessoal que assistiu a live. Todo mundo interagiu, pediu músicas. Acho muito massa essa iniciativa da Uniaseo, porque é difícil ficar esse tempo todo em casa e não se apegar a pensamentos ruins às vezes. Momentos como esse são importantes, porque conseguem arrancar sorrisos, a música tem esse poder”, afirma ela, que foi participante do programa The Voice Kids Brasil, em 2016.

A professora Gabriela Araújo, de Design Gráfico, colaborou, gravando tutorial, de Pop Up Art, e ensinando os espectadores a produzirem arte feita com recortes de papel. O material está disponível no Instagram da instituição (@aeso_barrosmelo). 

Além dessas medidas, a instituição se dedica a oferecer um contato estreito, remotamente, entre docentes, discentes e todos que formam a comunidade acadêmica. A comunicação institucional foi reforçada com conteúdos estimulantes, que afirmam a necessidade de cuidarmos da rotina e uns dos outros. Vídeos diários são postados para incentivar os alunos e mostrar que #estamosjuntos. 

uniaeso - quarentena -

voltar