Propostas da Candidata Luciana Santos são debatidas na AESO


Institucional
setembro. 10, 2004

Dando continuidade ao ciclo de debates com os candidatos às prefeituras municipais, o Centro Acadêmico XI de Agosto convidou para esta quinta-feira (09/09) os candidatos à reeleição João Paulo, prefeito do Recife (PT), e Luciana Santos, prefeita de Olinda (PC do B). Por motivos não divulgados, o prefeito João Paulo não compareceu ao debate. A explanação da atual prefeita de Olinda, Luciana Santos, foi coordenada pela jornalista Graça Araújo, apresentadora da TV Jornal. “O debate ainda é o melhor instrumento para se descobrir a alma do candidato, para saber se ele está ou não falando a verdade”, afirmou a jornalista. Compondo a mesa estavam José Padilha e Sostenes Rodrigues (ambos do Centro Acadêmico), o vice-prefeito de Olinda, Paulo Valença, além do procurador-geral do município, Gilson Barbosa, do assessor da prefeita, Clayson Lima, e de Leon Victor, colaborador do CA. Luciana Santos falou do que foi feito em sua gestão no município e de projetos futuros, caso seja reeleita. Iniciou explicando a dificuldade de administrar uma cidade como Olinda, que figura entre as maiores densidades demográficas do país, mas não possui indústrias que gerem renda ao município e onde a inadimplência referente ao IPTU é de 76%. Luciana deu ênfase à realização de projetos como o do Canal da Malária, do Cine Olinda, do Prometrópole e da Avenida Presidente Kennedy. “A Presidente Kennedy... Acho que cheguei num ponto de interesse de vocês”, disse, entre risos e agitação do público, ao se referir à principal via de acesso à Faculdade. “Sei que vocês vivem o drama dessa avenida, mas cuidar da Kennedy não é uma coisa simples nem barata. Com um milhão e meio que Lula mandou vamos recuperar toda a drenagem para depois fazer o recapeamento. Até o final do ano a avenida estará toda pronta”, prometeu. Em seguida, o debate foi aberto aos alunos, que fizeram várias perguntas. Temas relacionados ao comércio, viabilização de recursos, desvios da antiga administração e o destino do lixão foram abordados. De acordo com o vice-presidente de CA, Sostenes Rodrigues, o saldo foi positivo apesar do não comparecimento do prefeito João Paulo. “O debate é o puro exercício da democracia e esse é o nosso dever como Centro Acadêmico”, esclareceu.

voltar

Nós usamos cookies

Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookeis. Saber mais.
Aceitar