Fotografia

O bacharelado em Fotografia das Faculdades Integradas Barros Melo  é o primeiro da área no Norte/Nordeste e o segundo no Brasil. Mais do que simplesmente ensinar sobre técnicas e estéticas fotográficas, o estudante terá uma formação mais completa no que diz respeito aos usos dos dispositivos da câmera e às técnicas de estúdio, iluminação, laboratório e controle de luz. 

A interdisciplinaridade do curso alcança todas as ramificações da fotografia, como moda, arquitetura, industrial e documental. O resultado do trabalho da Barros Melo pode ser conferido nos inúmeros prêmios que a instituição e os alunos ganharam até agora: primeiro lugar no concurso do Catálogo de Fotografias da Fundarpe 2007, segundo lugar no Prêmio Nordeste Vigilância de Fotografia em Cultura Popular. Além de primeiro lugar e menção honrosa na categoria Fotografia Jornalística – Categoria Estudante no Prêmio Cristina Tavares de Jornalismo 2008. Alguns trabalhos também foram publicados em livros, é o caso dos alunos Renato Spencer, Guga Matos, Cláudia Jacobovitz, Osmário Marques e Vinícius Meirelles, que foram selecionados pela comissão de fotografia da Prefeitura do Recife para expor no livro Linguagens 2008, coletânea de fotógrafos pernambucanos em destaque.

As turmas de Fotografia da Barros Melo são destaque no mercado de trabalho ainda na graduação. Isso porque as atividades de sala de aula ganham uma grande repercussão, como foi a exposição Cor à Pele e a Crepúculo da Vida. Estas tiveram um resultado tão positivo na faculdade que foram abertas à visitação pública na Galeria Janete da Costa e no Memorial da Medicina de Pernambuco.

Para realizar tais atividades, o estudante da faculdade dispõe de laboratório de revelação em preto e branco com capacidade para até trinta alunos, um estúdio de fotografia publicitária e arrojados laboratórios de tratamento de imagem. A biblioteca da instituição oferece um importante acervo de livros de fotografia e catálogos de exposição para consulta do aluno. A faculdade também disponibiliza, sem custo adicional, câmeras analógicas e digitais profissionais, além de tripés, lentes e todos os equipamentos necessários para os alunos produzirem suas imagens.

Reconhecido – Portaria Ministerial nº 358 de 17/08/2011, publicada no D.O.U em 19/08/2011 
Expandir Texto
A faculdade mantém uma Central de Estágios (CEA) que, em convênio com mais de 600 empresas locais, viabiliza a inserção do aluno no mercado de trabalho. Entre outros objetivos, a Central coloca o estudante em contato direto com situações concretas da vida profissional. Os anúncios de vagas de estágio nas empresas conveniadas são divulgados no quadro de avisos das salas de aula e espalhados pela IES. 

A instituição conta ainda com o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). Este programa é voltado ao desenvolvimento do pensamento científico e à iniciação à pesquisa dos alunos. Ainda no incentivo à pesquisa, a Barros Melo disponibiliza a Revista Pense Virtual - material de divulgação dos artigos acadêmicos produzidos pelos alunos.  Ainda na área acadêmica, a AESO-Barros Melo também oferta diversos Grupos de Estudos que pesquisam temas atuais e interdisciplinares.


>> Agência Fotográfica
>> Assessoria de Imagem
>> Criação Fotográfica
>> Crítica Fotográfica
>> Desenvolvimento e Montagem de Portfólio
>> Edição Fotográfica
>> Fotografia de Arquitetura
>> Fotografia e Multimídia
>> Fotografia Editorial
>> Fotografia Industrial
>> Fotografia Publicitária
>> Laboratório Criativo
>> Materiais e Processos
>> Oficina de Fotografia Artística
>> Oficina de Fotografia de Moda
>> Oficina de Fotografia Documental
>> Psicologia da Percepção Visual
>> Restauração e Conservação
>> Teorias da Imagem
>> Libras (optativa) 

Mensalidade

Até dia o 05 de cada mês, R$ 781,00. Após dia o 05, R$ 848,88.

Duração

7 semestres

Vagas

100